Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Página Inicial
 

 Informações

 

 

Coordenadora: Vilmair Zancanaro

Local: Sala 4

E-mail: fap@uniarp.edu.br

Fone: (49)3561-6200 - Ramal: 6241

Horário de atendimento:

Segunda-feira: 18h00 às 22h00

terça-feira: 18h00 às 22h00


 

 FAP

 
 
 

FUNDO DE APOIO A PESQUISA- FAP

 

1. DOS CANDIDATOS

1.1 São candidatos ao Fundo de Apoio a Pesquisa:

1.1.1 Professores do quadro magistério superior da UNIARP;

1.1.2 Acadêmicos selecionados como bolsista pelos professores cujos projetos de pesquisa foram selecionados pela Comissão Científica Institucional.

 

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1   DOS PROFESSORES

2.1.1 O professor que apresentar projeto de pesquisa para a comissão de avaliação científica institucional deverá preencher alguns requisitos:

I - possuir experiência compatível com a função de orientador e formador de recursos humanos qualificados;

II - ter o perfil de pesquisador e apresentar curriculum vitae, modelo Lattes – CNPq atualizado;

III – ter preferencialmente o título de doutor ou mestre;  

 IV – protocolar junto à coordenação do FAP projeto de pesquisa relevante, dotado de viabilidade técnica e econômica, acompanhado de plano de trabalho detalhado a ser executado pelo(s) aluno(s) com no máximo 12 (doze) meses de duração vinculado às linhas de pesquisa da Universidade;

V – ter disponibilidade para orientar o projeto de acordo com as horas que lhe forem destinadas para o desenvolvimento do projeto;

VI - Cada professor orientador poderá solicitar no máximo um aluno com bolsa integral e 1 (um)  aluno como voluntários, podendo orientar no máximo 2 (dois) projetos de iniciação à pesquisa;

VI - O professor orientador de projetos de Iniciação Científica receberá a título de contrapartida, horas aulas estipulada por edital.

 

3.2 DOS ALUNOS BOLSISTAS                

3.2.1 O aluno de graduação poderá participar do Fundo de Apoio à Pesquisa como bolsista ou voluntário e deverá atender aos seguintes requisitos:

I - estar regularmente matriculado em curso de graduação, e estar cursando no mínimo o segundo semestre de seu curso;

II – que tenham concluído a disciplina de Metodologia Científica;

III – que não tenham ou benefício em forma de bolsa de estudo, oriundos da UNIARP; 

IV – não estar no último ano de seu curso;

V - apresentar bom desempenho acadêmico;

VI - não possuir vínculo empregatício durante o período de participação no FAP;

VII - A participação no FAP como bolsista ou voluntário será permitida mediante a solicitação do docente pesquisador.

 

4. DO PERIODO E LOCAL DE INCRIÇÃO

4.1 Período de inscrição conforme edital lançado anualmente.

 4.2. As inscrições serão efetivadas na Coordenadoria do FAP - sala no 206.

 

5. DA ELABORAÇÃO DO PROJETO

5.1 O projeto deverá estar de acordo com as diretrizes do Fundo de Apoio a Pesquisa – FAP, com caráter científico;

5.2 O projeto deverá estar de acordo com as normas metodológicas adotadas pela Universidade;

5.3 O projeto deverá vincular-se a um das linhas de pesquisa da Universidade;

5.4 O professor pesquisador deverá anexar ao projeto os documentos abaixo relacionado, disponíveis no anexo do edital;

I - Ficha de inscrição;

II - Termo de compromisso professor (a) orientador (a);

III - Curriculum vitae, modelo Lattes – CNPq atualizado;

IV - Projeto de pesquisa.

 

6. DAS VAGAS              

6.1 O numero de vagas será estipulado anualmente através de edital.

 

7. DO PROCESSO DE SELEÇÃO

7.1 A inscrição de projetos será feita mediante o preenchimento de formulário específico, acompanhado da documentação exigida nos termos do edital de convocação. 

7.2 A seleção será realizada pela Comissão Institucional de Iniciação Científica que efetuará as avaliações dos projetos de pesquisa e do Curriculum Vitae atualizado, modelo Lattes – CNPq, do orientador e do plano de trabalho do aluno.

7.3 A seleção será feita por meio de classificação geral, independentemente da área de conhecimento a que pertençam os orientadores. A Comissão Institucional de Iniciação Científica de posse dos projetos inscritos deverá á cargo do presidente da mesma, reunir-se para deliberar sobre quanto e quais membros avaliarão cada projeto. 

 

8. DOS PRAZOS E ENCAMINHAMENTOS DE PROJETO

8.1 Conforme edital lançado anualmente.  A Coordenadoria de Pesquisa encaminhará sob registro os projetos para a Comissão Institucional de Iniciação Científica para emitir parecer final e notificar a Coordenação de pesquisa sobre os projetos selecionados.

De posse dos resultados a Coordenadoria de Pesquisa deverá providenciar:

I - Publicação dos resultados através de edital emitido pelo Reitor;

II - Emissão da Autorização Homologatória para os projetos aprovados que deverá conter informações inerentes à liberação dos recursos do FAP, para conhecimento e providencias da vice-reitoria de administração e planejamento;

III - Relatório onde constem todas as informações referentes aos projetos analisados e aprovados e não aprovados no período, que subsidiará o Edital a ser publicado pela reitoria;

IV - No transcurso do desenvolvimento do projeto a Coordenadoria de Pesquisa encaminhará trimestralmente à Comissão Institucional de Iniciação Científica os relatórios trimestrais recebidos do professor orientador e do aluno bolsista para análise e parecer;

V - De posse dos pareceres, se favoráveis a Coordenadoria de Pesquisa encaminhará ofício comunicando orientador e orientado sobre a continuidade do projeto.

 

9. DA EXECUÇÃO DOS PROJETOS

9.1 DAS OBRIGAÇÕES OS ORIENTADORES:

I – firmar termo de compromisso das obrigações da orientação;

II – orientar os alunos nas distintas fases do trabalho científico;

III – encaminhar à Coordenação do FAP relatório trimestral atestando o cumprimento das atividades do projeto;

V - avaliar o aluno, elaborando trimestralmente o relatório de apreciação;

VI - acompanhar a elaboração dos relatórios, bem como a organização e apresentação dos resultados da pesquisa em eventos científicos institucionais e externos quando for o caso;   

VI – orientar o aluno para a apresentação dos resultados da pesquisa em eventos de Iniciação Científica internos e externos quando for o caso;

VII – incluir o nome do aluno nas próprias publicações e nos trabalhos apresentados em eventos científicos referentes ao projeto de pesquisa que o aluno de Iniciação Cientifica tenha participado;

VIII – O professor orientador que não cumprir com suas obrigações, devolverá à Universidade os valores recebidos a titulo de contrapartida no prazo de 30 dias após o desligamento/cancelamento de seu projeto;

IX – O professor orientador que tiver projeto cancelado/desligado não poderá participar de novos editais por um período de 2 (dois) anos.

 

9.2 DAS OBRIGAÇÕES DO ALUNO BOLSISTA

I – firmar termo de compromisso das obrigações como bolsista;

II – executar o plano de trabalho aprovado, dedicando 20 (vinte) horas semanais (bolsistas) e 10 (dez) horas semanais para os voluntários para o desenvolvimento da pesquisa;

III – apresentar relatórios trimestrais ao professor orientador e a coordenadora de pesquisa sobre o cumprimento do plano de trabalho e sobre os resultados parciais da pesquisa;

IV- apresentar em forma de artigo científico, o relatório final dos resultados obtidos de sua pesquisa para publicação institucional;

V – fazer referência à sua condição de integrante do Fundo de Apoio à Iniciação Científica da Universidade, e/ou de outro o órgão de fomento, quando for o caso, nas publicações e trabalhos apresentados.

9.3 - O não cumprimento de qualquer uma das obrigações impedirá a participação do aluno e do orientador em futuras seleções do FAP e nos demais projetos institucionais, bem como implicará a imediata suspensão do benefício ao aluno e a devolução de valores recebidos pelo professor orientador referente às horas semanais concedidas pela instituição.

 

10. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

10.1 Os recursos financeiros destinados ao FAP são oriundos da destinação anual equivalente a 1% (um por cento) do orçamento da Universidade;

10.2 O professor selecionado receberá horas aula estipulado por edital.

10.3 O acadêmico selecionado pelo professor receberá um valor mensal, estipulado por edital, para desenvolvimento da pesquisa;

10.4 A vigência do projeto é de 12 (doze) meses, admitindo-se renovações que deverão ser requeridas pelo orientador no período de inscrição estabelecido no edital de convocação subseqüente.

 

 

 

 
 
 

 Editais

 
  
  
  
Editar
Não há nenhum item a ser mostrado neste modo de exibição da biblioteca de documentos "Editais".
 

 Documentação

 
  
Não há nenhum item a ser mostrado neste modo de exibição da lista "Documentação".